Saiba neste artigo como se planejar financeiramente para a data do seu casamento.

Uma das ações mais importantes de quem está montando um casório é saber como planejar orçamento de casamento.Afinal, é necessário colocar um limite financeiro e se controlar para não gastar mais do que tem.

É fato que todo mundo gostaria de uma festa com um coral para casamento, fogos de artifício, pombas, bolo gigantesco, 500 pessoas e carruagem da Disney. No entanto, nem todo mundo tem condições para pagar por isso, infelizmente.

No Brasil, são realizados 1 milhão de casamentos por ano e muitos deles resultam em dívidas enormes para os noivos, que precisam começar avida de casados com um fardo financeiro para carregar.

Quer saber como evitar isso e como planejar orçamento de casamento que seja eficaz?Então siga a leitura abaixo!

Entenda como planejar orçamento de casamento antes de definir a data

Se você ainda está na fase de pensar em como planejar orçamento de casamento, mas já tem a data da festa, então há algo errado. Isso porque o orçamento da festa é que determinará a sua data.

Isso acontece porque a maior parte das pessoas precisa parcelar ou juntar dinheiro para pagar as coisas da festa. No entanto, se você não sabe quanto vai gastar,não sabe quanto tempo vai precisar para juntar dinheiro para isso.

Por isso, em primeiro lugar é necessário fazer um levantamento de tudo que será necessário para o casamento e os custos totais da cerimônia.

Só depois você pode marcar a data com base nas suas condições e contexto financeiro.

Defina quem vai pagar e quanto cada um pode contribuir

Antigamente,era comum que os pais da noiva pagassem pelo casamento. Em alguns casos, os pais do noivo também já fizeram isso.

No entanto, hoje em dia essa não é mais a regra. Pelo contrário: a maior parte dos casamentos são pagos pelos noivos.

Dito isso, é importante ter em mente que cada caso é um caso. Alguns pais são mais tradicionais e preferem manter as tradições. Outros deixam por conta dos noivos.

Por isso, é importante definir quem pagará pelo casamento, quanto cada pessoa pode contribuir e de onde virá o dinheiro para financiar a festa.

Isso ajudará a definir a data do casamento (como já falamos antes), além de outros fatores como o total que poderá ser gasto na cerimônia e muito mais.

Portanto,comece o seu planejamento determinando qual é a faixa máxima disponível para o seu orçamento.

Saiba como dividir os gastos com cada aspecto da festa

Uma festa de casamento tem uma série de gastos. É necessário ver o buffet, os músicos, o espaço, o cerimonialista, transporte, o vestido de noiva e muito mais.

No entanto, para algumas pessoas, pode ser difícil entender mais ou menos como dividir aquele montante total que estava disponível no passo anterior entre todos os itens da festa.

Se você precisa de ajuda para isso, abaixo há uma média de qual a porcentagem de gastos para uma festa de casamento padrão. Veja a seguir!

●     Recepção (buffet, comida, mesas,copos, pratos, etc.) - 48 a 50%;

●     Fotógrafo e cinegrafista - 10 a 12%;

●     Roupas (noiva, madrinhas, noivo) - 8 a 10%;

●     Flores - 8 a 10%;

●     Música e entretenimento - 8 a 10%;

●     Impressos - 2 a 3%;

●     Alianças - 2 a 3%;

●     Transporte e estacionamento - 2 a 3%;

●    Lembranças- 2 a 3%.

Isso,claro, é só uma estimativa média. Nada impede que você tenha um amigo fotógrafo que faça as fotos de graça e possa gastar mais em outra parte, por exemplo.

Defina quantas pessoas serão convidadas para eliminar os gastos maiores

Como você viu acima, a recepção representa metade dos seus gastos. Por isso, para saber como planejar orçamento de casamento da maneira mais econômica possível,é lá que você deve buscar economizar.

O custo é tão alto nessa área do casamento porque ele é calculado por pessoa. Ou seja: quanto mais gente na sua lista de convidados, maiores são os seus gastos.

No entanto, isso não significa que você precisa, de fato, convidar todo mundo.Antigamente se convidava até os primos do vizinho do conhecido do tio para a festa, mas hoje em dia é normal fazer mini-wedding com só a família mais próxima.

Veja quais são seus sonhos prioritários e como colocá-los no orçamento

Com o dinheiro que é possível economizar cortando na lista de convidados, é possível realizar alguns sonhos prioritários que você ou seu cônjuge tenham.

É claro que nem sempre dá para realizar todos os sonhos. No entanto, existem alguns que são muito importantes e é muito positivo juntar um dinheiro para realizá-los, mesmo que pareça um gasto “desnecessário”.

Por isso, estabeleça uma lista daqueles itens ou coisas que devem estar obrigatoriamente no seu casamento e estude como colocá-los no seu orçamento.

Com essas dicas, ficará muito mais fácil saber como planejar orçamento de casamento e a sua festa ficará do jeito que você quer.

Gostou das nossas dicas? Então não esqueça de comentar abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

 

SUA REAÇÃO!